Deputado Municipal agride bombeiro

Aprovado por unanimidade pela direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Verde o envio para as instâncias judiciárias do caso que, alegadamente, envolveu o deputado municipal, Miguel Peixoto, e dois bombeiros da instituição, que terão sido maltratados por este cidadão, foi, consequentemente, apresentada no posto da GNR da Vila de Prado a competente participação da ocorrência.

Anúncios

Bombeiros de Vila Verde

Desenganem-se os que pensam que os Bombeiros, de Vila Verde ou de outro lugar qualquer, poderão dar-se ao luxo de manter um corpo de mulheres e homens sempre aprontado só para operações de socorro. O voluntariado é generoso, mas não ao ponto de aquartelar em permanência. E manter profissionais só para essa função é economicamente impossível.